Páginas

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Ouro Preto - MG

 
Algumas cidades do nosso país podem ser orgulhar de ser verdadeiros museus a céu aberto mas, Ouro Preto além de se orgulhar por esse motivo, carrega ainda o charme de ser a primeira cidade brasieira declarada pela UNESCO, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade (o que aconteceu em 1980).      
Essa cidade sempre esteve no meu imaginário, sempre teve um espaço de honra na lista dos lugares que eu conheceria um dia e isso gerava grandes expectativas mas, o fato é ela não apenas correspondeu a todas as minhas expectativas; ela superou (e muito ) tudo aquilo que eu imaginava.
Como nem tudo é sempre perfeito, a minha viagem para lá não foi uma viagem bem planejada, melhor dizendo não foi nada planejada, ela aconteceu quando o "meu galã" precisava viajar a trabalho para um lugar perto de Belo Horizonte e me ligou da empresa em uma tarde de sexta- feira  convidando-me para ir com ele. Não pensei duas vezes....Como estou sempre de malas prontas, decidi em menos de um minuto que eu iria com ele sim  porém, ficaria em Ouro Preto onde esperaria o seu retono.
Além de já querer viajar para lá, eu tinha lido uma nota no jornal que naquele fim de semana estava acontecendo na cidade um festival de jazz. Festival esse que já virou tradição e...Como eu sou louca por arte, arquitetura, história e adoro jazz pensei: a hora é essa. Então, mesmo sem planejamento,coloquei na mala alguns cartões de memória, baterias e a minha querida companheira de viagens, minha câmera fotográfica que costumo chamar de "A Pequena Notável" (na verdade ele nem é tão pequena assim e esse é um apelido carinhoso que lhe dei...Rsrsrs)
A viagem  foi longa e cansativa mas isso não nos incomodou pois, levamos bastante comidinhas, água e  fomos parando para descansar.Nossa primeira parada foi ainda no Sul de Minas onde almoçamos, a segunda parada foi já em Congonhas do Campo, onde pernoitamos e no dia seguinte partimos rumo a Ouro Preto contornando, quase que durante o tempo todo, a famosa Estrada Real.
Como voces podem observar, só pela paisagem já valeria a pena a viagem e eu ficaria dias e dias viajando assim...Nem precisaria chegar a lugar nenhum. Por favor, não pensem que sou louca....Sou apenas uma aventureira de carteirinha.

A cidade é uma obra prima da arquitetura colonial, palco do importante movimento da Inconfidência Mineira, tem obras do Aleijadinho e do seu contemporâneo, Mestre Ataíde, espalhadas por todos os cantos.O que mais alguém interessado em história e arte pode querer? Mesmo que você não goste de nada disso, ainda tem o carnaval que por lá é super animado, ainda tem o festival de Jazz que acontece há 8 anos e agora em 2009 homenageou a cantora americana  Billie Holiday em seu quinquagésimo aniversário de morte e além de tudo isso,tem também aquele clima de cidade universitária, com muita animação e eventos culturais, tem inúmeros artistas, especialmente escultores, que abrem seus ateliês ao público.
As igrejas são fabulosas, especialmente a de São Francisco de Assis, considerada uma das maiores obras do Aleijadinho, que além de escultor também era arquiteto.
Todas as igrejas são em estilo barroco por fora mas por dentro guardam maravilhas geuínas do estilo rococó e essa mistura dos dois estilos encanta ainda mais pois, o peso do barroco se equilibra na leveza do rococó.
 
O Hotel onde me hospedei é simples mas bastante confortável porém, um pouco afastado do centro.
A minha dica é que você procure se hospedar no centro (principalmente se não estiver de carro) pois, embora as distâncias não sejam  longas, a cidade é montanhosa e são muitas ladeiras para subir e descer a todo instante, inclusive os restaurantes e museus  estão todos no centro. Aliás, restaurante é um capítulo à parte, tendo em vista as maravilhas da culinária mineira.
Fiquei lá durante  3 dias e achei pouco, tanto que nem deu tempo para ir à Mariana, o que foi uma pena.

 



     


 

4 comentários:

Fê França disse...

Me deu vontade agora!!! Que lindas fotos, adorei!! To pensando em viajar no feriado. Alguma dica especial aqui por perto de Campinas, sul de Minas? Beijos!

Yoyo Pizy disse...

Fê,
A minha dica é Monte Verde, uma vila que pertence ao município de Camanducaia(no Sul de Minas).
O lugar é encantador e nos convida ao aconchego.
Minha dica de hospedagem é a Pousada Ana Terra....Nota DEZ em todos os quesitos.
Enviei uma msg para o seu email falando sobre o meu roteiro na Argentina
Beijinho

Ivaneide disse...

Gente,
Fotos Perfeitas!! Parabéns Lane!

Yoyo Pizy disse...

"Brigadinha" Neide!
Bjo

Related Posts with Thumbnails

Viajam Comigo

Leve-me com Você